seo-1

 

Em tradução livre, Search Engine Optimization (SEO) significa Otimização para Mecanismo de Busca. Conhecido também como otimização de sites, trata-se de um conjunto de práticas utilizadas e recomendadas para que seu site seja mais facilmente indexado pelos buscadores da Internet como Google, Yahoo e Bing. A importância disso é que o SEO melhora o posicionamento do seu site nos resultados das buscas orgânicas.

O SEO é trabalhado em atividades On Page e Off Page. On Page são aquelas realizadas dentro do próprio site, ou seja, você tem mais controle sobre elas. Para o SEO são considerados fatores como:

  • URL amigável: a url da página precisa dizer do que se trata a página
  • Título: é importante escolher um título adequado pois ele irá resumir o conteúdo que está sendo exibido
  • Programação de títulos e subtítulos (H1, H2, H3, etc): a organização e hierarquização auxiliam para mostrar a relevância de cada item a ser explorado.
  • Palavras-chaves utilizadas e sua densidade: escolha para qual palavra você quer que seu site apareça e procure utilizar no conteúdo da página essa palavra e seus sinônimos. Existem algumas ferramentas que podem ajudá-lo na escolha dessas palavras como, por exemplo, o https://adwords.google.com/ko/KeywordPlanner e o http://keywordtool.io/. Mas atenção: cuidado para não exagerar pois a utilização sem critério pode levar a uma punição de seu site.
  • Conteúdo de qualidade: escreva um conteúdo que realmente seja interessante e importante para seu público-alvo. Não escreva linguiça pois isso não tornará seu texto atraente.
  • Links internos: disponibilizar links para outros conteúdos dentro do próprio site mantém o usuário mais tempo no site e pode ajudar a esclarecer mais dúvidas. O importante neste caso é que o link tenha um conteúdo relacionado com o da página atual.
  • Links externos: quando outros sites citam o seu como referência indica que seu conteúdo é relevante para aquele assunto. Como o objetivo dos motores de busca é sempre mostrar resultados que respondam às dúvidas dos usuários, isso soa como se houvesse mais alguém que endossa seu conteúdo.

 

Alguns dos mecanismos ainda consideram itens como:

 

  • Site expansível: com a popularização de celulares e tablets surgiu-se a necessidade de sites que pudessem se adaptar a telas menores. Como esse acesso vem crescendo, os motores de busca começaram a utilizar esse critério para ranquear os sites.
  • Https: a segurança também é um aspecto que vem sendo divulgado há algum tempo. Por isso, sites com https também tendem a ter uma melhor colocação na busca orgânica.
  • Tempo de carregamento da página: esperar uma página terminar de carregar para poder navegar é um grande incômodo. Por isso, preocupe-se com a velocidade de carregamento para que seus usuários fiquem mais satisfeitos.

 

Vale lembrar que todas essas medidas são importantes para que seu site seja melhor para os usuários e é sempre esse objetivo que deve ser buscado. A melhor colocação no Google e demais motores de busca serão consequência da qualidade de conteúdo e informações que são disponibilizados.

 

 

 

 

Fonte: 

http://www.administradores.com.br/artigos/marketing/diferenca-entre-seo-e-sem/76717/

http://www.performaweb.com.br/sem-x-seo-diferenca-por-tras-de-uma-letra/